terça-feira

SOL & LUA


SOL & LUA
 Passeando pelas quietudes, 
Entre as estrelas em um profundo silêncio,
 Eu, Sendo apenas um pequenino sol egípcio, 
Vagando por essa quietude, 
Cirandando entres as nebulosas,
 Neste silencioso universo em constante transformação, 
Com meus pretextos sinceros, 
Somente um olhar silente distante, 
Pelo tempo longínquo sem barreiras. 
Eu, Um pequeno sol egípcio,
 Navego, cadenciando,
 Tu minha lua, minha formosa princesa,
 Há mim um dia designada, 
Teve sua órbita, ... A mim desviada ! Agora deixo de ser, 
Seu pequeno sol egípcio.
 Me resguardo ao grande universo,
 Que se fez em escuridão...
 Luminosa minha, senhora das fases,
 Aguardo a bondade da grande colisão, [a bondade de Deus], 
Onde vou suspirar aos ventos solares,
 Novamente meu brilho, E somente a ti iluminar.
Poeta Jamil
Postar um comentário