terça-feira

LOUCURA...


LOUCURA...
Que loucura é essa?
Que só penso no seu corpo,
que só te imagino nua
derretendo-se de prazer nos meus braços...
Que loucura é essa?
Que só penso nos teus beijos,
que só imagino teus seios intumescidos,
sendo acariciados por minhas mãos trêmulas de prazer...
Que loucura é essa?
Que só te imagino nos meus braços,
aquecida em meus abraços,
invadida de tesão,
num frenesi de paixão...
Que loucura é essa?
Que me enche de desejos,
de te tocar por inteira,
e te sentir delirar,
sem limites, sem barreiras...
Que loucura é essa?
que me faz querer
estar dentro de você
de querer seus gemidos,
e sua boca a me sugar,

Aceitar...


sábado

Convite...



Convite...
Te desejo feito louco
Te rasgo a roupa no furor de meu tesão. 
Teu cheiro me embriaga os sentidos. 
Preciso devorar você inteira.
Te agarro pelos cabelos.. 
Te beijo... 
Te mordo... 
Te encosto contra a parede... 
Você ajoelha... 
Levo sua cabeça até meu sexo e digo: é seu!!!
Use... Chupe... Sinta em sua boca... 
Ahhhhhh... Que delícia...
Vou acariciar seus seios, 
encostar em meu rosto,
beijar longamente 
e sentir os bicos rijos em minha boca...
Vou te tocar com os dedos 
e brincar com seu pudor...
Vou te colocar de quatro 
e te segurar por trás. 
Penetrar deliciosamente...
Sentir sua grutinha quente engolir inteiro...
Entrar e sair... 
Ouvir seus gritos de prazer...
Sussurrar em seu ouvido:
Quero sua rosquinha quentinha, 
sua entrada proibida,
E sentir seu buraquinho latejando de desejo,
colocar devagar no calor de seu tesão
Você dizendo: não quero, não quero... 
E querendo mais, 
Rebolando, esfregando em meu falo... 
Apertando feito louca... 
Sua alma não quer, mas seu corpo pede...
Me come... Me invade!!!
E então entrar, 
deixar sentir por inteiro
dentro de você...
Um misto de dor e tesão...
E num vai e vem alucinado, 
derramar dentro você
o néctar do meu prazer...
Este é um convite...
Te quero...
Vem !!!
Você vai negar ???

Em cada castanho


Em cada castanho
De um olhar de uma mulher
Existe um verde da verdade
E um azul da azucrinagem...

Em cada azul
De um olhar de uma mulher
Existe um céu para morrer
Existe um mar pra se perder...

Em cada verde
De um olhar de uma mulher
Tem a saudade de um homicida
E a vontade de um suicida...

Em cada olhar de uma mulher
A ilusão de um pobre coitado
Que pensa ser dono do seu coração
Que por ser homem sonha em você

COLHAM BOTÕES...

AMIGO


sexta-feira

Eu sou a poesia


GRITE BEM ALTO...

Borboletas...


Boa noite


Toco-te com meus dedos

Toco-te com meus dedos a tua alma...
E com meus olhos a tua pele...
Sonha-me com tua vida...
E respira-me em teus sonhos...
Leva-me em pensamentos e traz-me aqui...
Onde tenho a ti...
Meus dedos tocam teus lábios...
Teus dedos nos meus lábios...
e neste segundo são os teus lábios que quero.
Não me fale palavras...
Elas se vão...
Quero teus beijos e quero me deixar perder em ti...
E sentir tua alma na minha... 
unida pelo beijo mais ardente 
que nossos lábios já sentiram...
Existem pessoas que não precisam 
fazer nada para serem especiais,
simplesmente nascer... 
E você é uma destas pessoas...
Autor: Murilo Mano...




Eu sou a poesia,



Eu sou a poesia,
sou o ar,
sou a brisa,
sou o coração... 
Sou o perfume que exala de seu corpo... 
A paixão que vive batendo forte 
em busca da liberdade... 
Eu sou o desejo escondido
e o medo que atormenta... 
Eu sou a vontade de se entregar,
que vem e vai 
no som delicado de uma voz envolvente...
Eu sou a saudade
das coisas não vividas, 
eu sou assim sentimento e emoção... 
Sou simplesmente único 
dentro da minha própria solidão...

NADA COMO O TEMPO



NADA COMO O TEMPO

Com o tempo, você vai percebendo 
que para ser feliz com outra pessoa, 
você precisa em primeiro lugar, 
não precisar dela...
Percebe também que aquele alguém que você ama, 
ou acredita que ama,
e que não quer nada com você, 
definitivamente não é o "alguém" da sua vida...
Você aprende a gostar de você, 
a cuidar de você,
a se respeitar e, principalmente, 
a gostar de quem gosta de você...
O segredo é não correr atrás das borboletas, 
e sim cuidar do jardim para que elas venham até você...
E no final das contas, 
você vai encontrar 
não quem você estava procurando, 
mas quem estava procurando por você!!!
O tempo é o senhor de todas as coisas...

quinta-feira

Quem quiser..



-->

quarta-feira

Perder alguém...


Perder alguém...
 ...As lágrimas ainda caem, mas o riso já estampa meu rosto, 
 em homenagem a ela, que partiu, mas que passou a vida a sorrir…
 Um dia será cada um de nós, deixando esse mundo,
 mas enquanto eu estiver nele,
 escolhi que vou fazer o melhor para ser feliz e viver. 
Viver de verdade... 
Me dedicando àquilo que me dá prazer, 
às coisas que me fazem feliz...
Afinal era esta sua vontade: 
Me ver sorrir... 
Amava meu sorriso, me amava e eu a amo...
 Sei que minha dor fará ela sofrer, 
machucará seu coração, onde ela estiver... 
Por isso quero ser feliz, muito feliz!!! 
Toda perda nos faz refletir…
 Choro sim pela perda de alguém que amo, 
mas farei brilhar em meu rosto um sorriso,
 por ter vivido tudo que foi possível enquanto estava ao meu lado... 
Minha felicidade é meu presente a você... 
Te amo Mamãe...

FÁCIL...


FERE DE LEVE


QUEM SOU EU?


Quero para mim


Seus ládios


terça-feira

Em cada castanho



Em cada castanho
De um olhar de uma mulher
Existe um verde da verdade
E um azul da azus crinagem...

Em cada azul
De um olhar de uma mulher
Existe um céu para morrer
Existe um mar pra se perder...

Em cada verde
De um olhar de uma mulher
Tem a saudade de um homicida
E a vontade de um suicida...

Em cada olhar de uma mulher
A ilusão de um pobre coitado
Que pensa ser dono do seu coração
Que por ser homem sonha em vão.

segunda-feira

Blog: Irene Ribeiro: Saudade...

Blog: Irene Ribeiro: Saudade...

ROSAS PARA VOCÊ


VEM CUIDAR DE MIM,,,


O MILAGRE


EU SOU A POESIA...


FLORES VIRTUAIS


SONETO DA ALMA


By Rose


Cartinha


domingo

Saudade...



ONDE ESTÁ O AMOR...

 Onde viver os sonhos ele estará,
 para nutrir a esperança de um dia abraçar a realidade, 
em ver um mundo mais justo e compreensivo, 
sentimentos que navegam nos mares alheio não é o amor, 
casais com asas atadas apenas se suportam, 
será que ele está refugiado em um coração solitário!
 Ou na alma escrita de um poeta,
 onde a poesia aflora muitos corações, 
que transmite toda essência ao seu universo desabitado, 
mas consegue enxergar com esse mesmo coração, 
o amor no sorriso de uma criança, em cada gesto solidário,
 e com muita humildade faz de simples detalhes, 
uma ponte em cada horizonte inspirado, 
rompendo as fronteiras em si,
 para detalhar este sentimento,
 em cada pétala e espinhos dessa vida...