sábado

Em cada castanho


Em cada castanho
De um olhar de uma mulher
Existe um verde da verdade
E um azul da azucrinagem...

Em cada azul
De um olhar de uma mulher
Existe um céu para morrer
Existe um mar pra se perder...

Em cada verde
De um olhar de uma mulher
Tem a saudade de um homicida
E a vontade de um suicida...

Em cada olhar de uma mulher
A ilusão de um pobre coitado
Que pensa ser dono do seu coração
Que por ser homem sonha em você
Postar um comentário