terça-feira

O Azul do Mar dos Seus


O Azul do Mar dos Seus 
Olhos Lindo céu sensível se materializa no presente.
 Entrega generosa ao límpido desejo que nos une,
 Em um vento brando e tênue de meus pensamentos, 
Ao respirar puro da suavidade de seu perfume. 
 Um tapete cintilante na dança de estrelas se reflete. 
E o infinito do céu converge ao brilho do seu olhar, 
Pronto a renovar o amor que como fogo ferve 
A alma vívida de emoção única de sentido singular. 
 O conviver com o rio de lágrimas da saudade, 
Tenta afogar nossos sonhos em cada despedida. 
Mas é no azul do mar dos seus olhos a verdade, 
Do acreditar que nosso amor move nossas vidas.
Autor
Jorge Jacinto da Silva Junior
Postar um comentário