segunda-feira

O que faço? Tudo esta igual…


O que faço? Tudo esta igual… 
Suas lembranças me fazem chorar,
 Me esforço para não pensar, 
Mas meu coração vai mal! 
 É grande demais essa paixão. 
Esse amor só sabe me destruir! 
Quero fugir da vida, desta solidão, 
Encontrar um cantinho só para dormir. 
 Quero o silêncio para esquecer sua voz,
 Deixar os lábios mudos, sem dizer nada,
 Já não leio poesia para não pensar em nós.
 Aqui perguntam por você a toda hora… 
Vou dar ordem para não falar seu nome.
 Sinto muito! Preciso colocar um fim agora.
Postar um comentário