quarta-feira

Você é o amor


Você é o amor

por quem as nuvens enrubecem, 


as tardes ficam cálidas e os dias com mais calor e brilho.

Desde que você foi gerada tudo o mais teve sentido.

Junto ao próximos sempre foi a igual totalmente desigual, 
fazendo a diferença e proporcionando sempre o equilibrio necessário 
à estabilidade e sentimento presente
Como amor, ama...como amada distribui sempre o amor, afago e calor.
Tuas mãos produzem luz, carinho,ardor e o toque de mágia
Seus olhos brilham, refluem e indicam o caminho para os que dele necessitam
Braços de mãe, menina, amada, amante... 
fortes, frágeis, delicados, mansos...e até atrevidos
mas sempre amparam no momento e ato
...colo sempre sempre pronto para o acolher e ser o sentido da baila
Você é o amor...
sem você...
o sentido das coisas seria falso ou incompleto...
e quem sabe até sem graça,
Rios correm por você, cascatas aplaudem você,
e até a chuva teima em chorar por você
apesar das broncas e ribombos de trovôes e raios impertinentes
ahhhh... quem sabe até estejam festejando você
bendito o criador com seu toque final - 
que trouxe a vida...VOCÊ!!!
Bjuss mil
ACarlos
Postar um comentário